Pular para o conteúdo principal

O que eu achei do novo trailer de Thor Ragnarok #SDCC2017




O novo trailer do terceiro filme do Deus do Trovão saiu, e a homenagem ao desenhista Jack Kirby está linda!

Agora chegou a vez de falar sobre o painel da Marvel na Comic Con desse ano, que está maravilhoso! A gente teve o anúncio oficial sobre o filme da Capitã Marvel, que se passa antes do Homem de Ferro I, Homem Formiga e a Vespa, mais sobre Pantera Negra e é claro a grande Guerra Infinita que vazou trailer e está cheio de acontecimentos bombásticos!!! Porém, não farei um post sobre, apenas quando sair oficialmente pela Marvel, talvez eu faça algo do tipo "O que esperar em Guerra Infinita"... Mas só talvez!


Mas vamos falar da bola da vez, Thor: Ragnarok ganhou seu novo trailer noite passada e estou ansiosa para contar alguns detalhes sobre. Recentemente as regravações do filme para os últimos ajustes nas cenas foram finalizadas e o que estamos esperando não parece ser pouca coisa, como os filmes anteriores do Thor que pela crítica foram fracos.

Esse não parece nem um pouco fraco.

O trailer começa com o planeta de Saakar e Thor narrando como no outro e último trailer lançado. Ele conta que perdeu o martelo recentemente, mais especificamente "tipo ontem", e acabou caindo em uma jornada de autoconhecimento, e aí que percebemos que ele está em um diálogo com Bruce Banner, ele também comenta que Asgard foi invadida pela Deusa da Morte, Hela.

Até aí talvez, nenhuma novidade sobre o que já sabíamos, certo?
Certo.

Mas o que somos apresentados são cenas novas, Hela e as Valquírias, que ilustram uma cena de batalha bem épica (parece uma obra de arte de tão bem feito que está!). 

O tom do humor do filme novamente é percebido e Taika Waititi, o diretor do filme, acaba nos deixando bem claro sua identidade. 

Outra novidade no contexto é a formação de uma equipe, "como nos velhos tempos", Thor comenta, fazendo uma clara menção aos Vingadores. A equipe é formada pela Valquíria, Loki (sim, Loki), Thor e Hulk. 

Ah, vamos comentar sobre o CGI (Computação Gráfica) do Hulk? Vamos! Muitas pessoas, fãs da Marvel, estão comentando sobre o bendito CGI do personagem. Que ele está com uma cara diferente, muitos opinam por estar estranha. Sim, de fato é diferente, os caras têm tecnologia de sobra, eles têm que se aperfeiçoar. Mas posso ser sincera? Minha opinião! Se você divergir de mim, sem problemas, só deixando claro. Para mim, ficou o CGI mais legal que o Hulk recebeu desde o primeiro Vingadores. O cabelo está aparado, pois ele é um competidor, ele é o maior campeão do Grão Mestre, galera! Não se esqueçam disso ;)

O Loki aparece com um traje diferente do que já vimos anteriormente nos filmes, mas nada que mude demais, está bem fiel aos quadrinhos. 

Sobre os outros vilões junto da Hela! Fenrir, o grande lobo que está também muito bem produzido em CGI, Kronan, que já fez sua aparição em Thor: O Mundo Sombrio, mas dessa vez com um contexto, particularmente, mais estruturado, já que está ao lado da Deusa da Morte e inserido no Ragnarok. e Surtur, também outro grande personagem nessa história mitológica. Veja as imagens abaixo:

Fenrir (Filme - HQ)

Kronan (Filme - HQ)

Surtur (Filme - HQ)


Coisas também que me chamaram a atenção foi o Thor invocando os relâmpagos! (MEU DEUS) E... Hulk fala? Sim, Hulk fala!! Esperei por isso uma vida inteira! A voz dele está bem legal, não está muito grave, nem muito fina, está nos padrões! 

Além do visual... Taika teve muita inspiração do desenhista da Marvel, Jack Kirby, o tom colorido lembra muito suas obras, e o lançamento do filme no seu centenário será um grande presente! E também ao filme do Guardiões da Galáxia, porque para um filme que se passa no espaço, a gente não espera menos.

Parece um bom filme? Parece um ótimo filme! Será que agora vai? 

O filme estreia aqui no Brasil dia 26 de Outubro!


Confira o trailer:



A música que toca no trailer é: Magic Sword - In The Face of Evil!



E aí, comente aí embaixo o que você mais gostou do trailer! <3 






Paula M. C. Basílio
blogueira e autora

Conheça no:






Comentários

Postagens mais vistas

Resenha: The Roman - Sylvain Reynard

LANÇAMENTO: 06/12/2016
TÍTULO: THE ROMAN
GÊNERO: FICÇÃO, THRILLER, ROMANCE
AUTOR: SYLVAIN REYNARD
NÚMERO DE PÁGINAS: 300
EDITORA: EVERAFTER ROMANCE
IDIOMA: INGLÊS



SINOPSE
Raven e sua irmã, Cara, estão à mercê de um pequeno destacamento de vampiros florentinos, que estão entregando-as como uma oferta de paz para a temida Curia em Roma. Embora não tenha certeza de que William sobreviveu ao golpe que derrubou seu principado, Raven está determinada a proteger sua irmã a qualquer custo, mesmo que isso signifique desafiar Borek, o comandante do destacamento. Em um esforço para impedir que Raven caia nas mãos de seus inimigos, William se põe à mercê do romano, o perigoso e misterioso rei vampiro da Itália. Mas o romano não é o que ele espera ... Alianças e inimizades mudarão e se fundirão quando William luta para salvar a mulher que ama e seu principado, sem mergulhar a população de vampiros numa guerra mundial. Esta conclusão impressionante para a série florentina terá leitores em toda a Itália e além …

Review: The Roman - Sylvain Reynard

RELEASE DATE: DECEMBER 6TH
TITLE: THE ROMAN
GENRE: FICTION, ROMANCE, THRILLER
AUTHOR: SYLVAIN REYNARD
PAPERBACK: 300 PAGES
PUBLISHER: EVERAFTER ROMANCE
LANGUAGE: ENGLISH




SYNOPSIS
Raven and her sister, Cara, are at the mercy of a small detachment of Florentine vampyres, who are delivering them as a peace offering to the feared Curia in Rome.
Though she’s unsure William survived the coup that toppled his principality, Raven is determined to protect her sister at all costs, even if it means challenging Borek, the commander of the detachment.
In an effort to keep Raven from falling into the hands of his enemies, William puts himself at the mercy of the Roman, the dangerous and mysterious vampyre king of Italy. But the Roman is not what he expects …
Alliances and enmities will shift and merge as William struggles to save the woman he loves and his principality, without plunging the vampyre population into a world war. This stunning conclusion to the Florentine series will take readers across Italy and…

Entrevista com o fenômeno literário, J. A. Redmerski

Hoje o blog recebe uma das autoras mais vendidas ao redor do mundo, ocupando o primeiro lugar na lista dos jornais The New York Times, USA Today e Wall Street Journal. Suas obras já foram traduzidas para mais 20 idiomas! Aqui ela bate um papo comigo sobre algumas novidades para os fãs, inspirações para a sua escrita e muito mais!



Seus trabalhos têm sido traduzido em mais de vinte idiomas. Wow, isso é definitivamente grande! Você já imaginou chegar onde está agora?
Eu sempre sonhei isso, mas eu realmente nunca imaginei o sucesso – é algo surpreendente e arrebatador!

Por que você começou a escrever? Você teve alguma inspiração por alguns autores e seus trabalhos?
Eu comecei a escrever aos 13 – romances, enfim; mas antes disso eu sempre estive escrevendo algo. Eu fui inspirada principalmente por autores como Anne Rice e Neil Gaiman, dois de meus autores preferidos.

Você tem planos para traduzir seus outros livros para o português aqui no Brasil?
Eu adoraria ter todos os meus livros traduzidos,…